A Tempestade
12ª Produção
Estreia: 23/11/2010

Carreira: Castro Marim, Lagos, Olhão, Tavira, Monchique, Portimão, Loulé, Alcoutim, Faro, Vila Real de Sto. António, Lagoa, Albufeira, Aljezur, Vila do Bispo, Trier (Alemanha), Diekirch (Luxemburgo), Ettelbruck (Luxemburgo), Esch-sur-Alzette (Luxemburgo), Silves

Inspirado na última peça escrita pelo dramaturgo inglês William Shakespeare, o espectáculo “A Tempestade” conta-nos a história do Duque Próspero que, após ter sido expulso do seu reino, lançado com a sua filha no mar num batel sem vela nem mastro, chega a uma ilha onde passa a residir e a mandar.

Que ilha é esta onde Próspero e Miranda vivem?
Todas as “ilhas” onde nos refugiamos para pensar, julgar, disputar, estabelecer a ordem.
Quantas “tempestades” tem o Homem levantado, jogando o jogo do poder? A que custo?
Aparentemente tudo está solucionado. Próspero tanto nos poderá parecer admirável e bondoso como déspota, vingativo e manipulador.

Uma coisa é certa, Próspero é um homem sábio e munido de uma certa magia. Pode sempre recorrer às suas “artes mágicas” para fazer sonhar. O Teatro ainda tem esse poder!

Classificação Etária: Maiores de 6 anos
 

Ficha Artística, Técnica e de Produção

Texto: William Shakespeare/Charles e Mary Lamb
Dramaturgia, Encenação e Cenografia: Jeannine Trévidic
Marionetas, Figurinos e Adereços (concepção e construção): Carla Dias
Interpretação: Carla Dias e Jeannine Trévidic
Desenho de Luz: Octávio Oliveira
Construção Cenográfica: Nuno Silvestre e Casa dos Restauros
Operação de Luz e Som: Luísa Gonçalves
Fotografia: Maria Braga
Divulgação: Cristina Braga
Secretariado: António Marques
Direcção de Produção: Luís Vicente
 

Projecto financiado com o apoio da Comissão Europeia - Programa Cultura

Projecto MIDIE - Migrações, Integração e Diálogo Intercultural na Europa

A informação contida nesta página vincula exclusivamente o autor, não sendo a Comissão responsável pela utilização que dela possa ser feita.